Direito Tributário: Já fez o planejamento tributário da sua empresa?

Direito Tributário: Já fez o planejamento tributário da sua empresa?

Com o aumento da concorrência, a eficiência da fiscalização cada vez maior e a sobrecarga do sistema tributário brasileiro, o recolhimento de tributos não pode mais ser visto pelos empresários apenas como o cumprimento de uma obrigação

Logo, é imprescindível avaliar como a sua empresa pode tirar o melhor proveito que a legislação tributária oferece e planejar a melhor forma de reduzir a carga tributária.

AFINAL DE CONTAS, O QUE É O PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO?

De uma forma resumida, o planejamento tributário consiste no processo de escolha de ações, traçando um plano delimitado de como agir para conseguir reduzir ao máximo e, principalmente, de forma legal, o valor dos impostos pagos. Nele são definidas estratégias para garantir o êxito na gestão tributária da empresa.

Vale destacar que o planejamento tributário é de suma importância, porque se realizado de forma adequada traz inúmeros benefícios financeiros, especialmente a longo prazo, já que permite a economia de valores que, sem o planejamento, seriam gastos.

MAS POR QUE A SUA EMPRESA DEVE FAZER O PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO?

Fazer um planejamento das finanças na sua empresa, escolhendo o momento certo para a aquisição de produtos e insumos, por exemplo, significa suportar despesas menores, não é? 

Com o planejamento tributário não é diferente! Quando a sua empresa opta por fazer o planejamento tributário, são avaliadas ações e estratégias que podem ser adotadas para diminuir os valores gastos com tributos

Portanto, quando a despesa é menor, inclusive com tributos, a margem de lucro é maior. E, para completar, no quesito competitividade, a empresa que organiza suas despesas sai para o mercado com vantagem em relação às outras que escolhem não fazer o planejamento.

COMO O PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO PODE AJUDAR EM RELAÇÃO AOS IMPACTOS DA PANDEMIA DA COVID-19?

Com a pandemia, houve uma série de flexibilizações nas cobranças de tributos, com a finalidade de trazer um alívio e até amenizar o impacto da crise. Contudo, as empresas precisam estar atentas no momento de administrar esses pagamentos para não sofrer no futuro com a normalização dessas cobranças.

Na verdade, a situação econômica atual que vivemos exige que as empresas façam um planejamento de suas finanças, para que não suportem amargos resultados futuramente. Até mesmo porque, como os governos estão gastando mais, a tendência é que haja um aumento da carga de tributos, principalmente para os grandes contribuintes.

COMO A REFORMA TRIBUTÁRIA PODE INFLUENCIAR NO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO?

Com relação à reforma tributária, ainda passamos por um momento incerto, considerando que não foi definido o formato da nova sistemática. De qualquer modo, não existem dúvidas de que o planejamento tributário pode e vai auxiliar a sua empresa a conduzir a transição para o formato novo da melhor forma possível.

Por Aihanna Carolina Baller.

Ainda tem dúvidas se deve fazer o planejamento tributário na sua empresa?

A leitura deste conteúdo foi útil? Ficou com alguma dúvida sobre Planejamento Tributário? Converse com um de nossos advogados!

O Escritório de Advocacia Empresarial Sander & Cella – Advogados, com sede em Chapecó – SC, possui uma equipe de advogados especialista em Direito Tributário e pode ajudar a reduzir o impacto dos tributos na sua empresa.

  • Aihanna Carolina Baller, Advogada Associada do Escritório de Advocacia Empresarial Sander e Cella – Advogados, especialista em Direito Processual Civil e pós-graduanda em Direito Tributário. Trabalha com assessoria e consultoria na área tributária, planejamento tributário, recuperações de tributos, crimes tributários e execuções fiscais.

 

Compartilhe nas redes sociais

Andrei Bueno Sander

Advogado inscrito na OAB/SC n.º 15.381, especializado em Gestão Empresarial e Direito Digital e Compliance, pós graduando em Direito Ambiental e Urbanístico. Sócio do Escritório de Advocacia Empresarial Sander & Cella - Advogados que atua na área do Direito Empresarial, auxiliando empresários e investidores desde o ano de 2000. Conselheiro em Conselhos de Administração de empresas de Software e Inovadoras. Atua como Administrador Judicial em Recuperações Judiciais e Falências, e também no Direito Ambiental, sendo Diretor de Assuntos Legislativos da FCTER - Fundação Científica e Tecnológica em Energias Renováveis. É Vice-Presidente da Comissão de Direito Digital da OAB – Subseção de Chapecó – SC. É Investidor Anjo, sócio da empresa 1Bi Capital, mentor dos programas Inovativa Brasil, Finep Startup, da Aceleradora SEED CAP, e um dos idealizadores do Desbravalley - Ecossistema de Empreendedorismo, Tecnologia, Startups e Inovação da Região Oeste de Santa Catarina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *